Protótipo propõe casa compacta de baixo custo e manutenção

Idealizado pela Universidade da Califórnia, a estrutura pode ser realocada ou reciclada, tem células fotovoltaicas e sanitários de compostagem

Texto Liège Copstein

Cortes de papelão reciclado em formato cilíndrico recheiam as paredes e dão a opção de acomodar uma horta suspensa. | <i>Crédito: Divulgação
Cortes de papelão reciclado em formato cilíndrico recheiam as paredes e dão a opção de acomodar uma horta suspensa. | Crédito: Divulgação
Professores e estudantes do CityLab, departamento de pesquisa em arquitetura e design urbano da Ucla, somaram esforços na criação do BI(h)OME, projeto de residência pré-fabricada de baixos custo e manutenção que acomoda dormitório, banheiro, cozinha, sala e copa em enxutos 46 m². A ideia é auxiliar na meta municipal de oferecer 100 mil novas moradias em Los Angeles até 2021. 
Ela poderá funcionar como extensão quando a família incorporar parentes idosos ou filhos, além de ser fonte de renda extra quando alugada. “O impacto ambiental dessa construção é 100 vezes menor que o das similares. E cabe em qualquer quintal”, festeja a coordenadora, Dana Cuff. A estrutura pode facilmente ser realocada ou destinada à reciclagem, e os sanitários de compostagem dispensam rede de esgoto. Além disso, conta com soluções como células fotovoltaicas e iluminação com led.



20/09/2015 - 10:00

Conecte-se

Revista Arquitetura e Construção
  • Revista A&C
Coleção CARAS