Arquitetos desenvolvem projeto de requalificação para a praça Vilaboim, em São Paulo

A proposta do escritório Metrópole Arquitetos já foi apresentada e aprovada pelos moradores e associações do bairro, mas a iniciativa ainda espera por investidores

Da redação

Arquitetos desenvolvem projeto de requalificação para a praça Vilaboim, em São Paulo | <i>Crédito: Neorama
Arquitetos desenvolvem projeto de requalificação para a praça Vilaboim, em São Paulo | Crédito: Neorama

Reconhecida por sua densa arborização, a praça Vilaboim, localizada no bairro de Higienópolis, na zona oeste de São Paulo, é patrimônio tombado pelo CONPRESP (Conselho Municipal de Preservação de Patrimônio). No entanto, hoje, o local não dispõe de uma boa condição de uso.

A partir desse cenário, os arquitetos Anna Helena Villela e Silvio Oksman, à frente do Metrópole Arquitetos, desenvolveram um projeto para revitalizar a área. A ideia dos profissionais é criar uma esplanada seca no centro da praça envolvida por duas grandes áreas permeáveis com árvores e vegetação rasteira, sem grades. Neste espaço, o desnível entre as ruas Armando Alvares Penteado e Aracaju se resolveria através de uma suave rampa que garantiria a circulação entre os lados da praça e solucionaria as questões de acessibilidade universal. Esta nova configuração permitiria uma boa ocupação da praça e a desejada permeabilidade visual que possibilita a segurança do público e inibe atividades ilícitas. Também estão previstas na proposta duas áreas para estacionamento de bicicletas.

Além das árvores existentes, o projeto ainda propõe o plantio de espécies frutíferas e ipês, garantindo a cobertura vegetal do espaço como um todo. O mobiliário urbano e pisos foram pensados para um baixo custo de manutenção. Assim, a Praça Vilaboim ampliaria a sua massa arbórea oferecendo uma área verde mais intensa e a possibilidade de uso pleno todos os dias, o dia inteiro, com segurança e qualidade de espaços.

16/02/2017 - 11:31

Conecte-se

Revista Arquitetura e Construção
  • Revista A&C
Coleção CARAS