Dicas e truques para ampliar ambientes pequenos

A Arquiteta Elis Arantes explica como revestimentos, cores e texturas podem influenciar na percepção do espaço

Gabriela de Sanctis

Dicas e truques para ampliar ambientes pequenos | <i>Crédito: Maíra Acayaba
Dicas e truques para ampliar ambientes pequenos | Crédito: Maíra Acayaba

Quem mora em casas ou apês compactos sabe como é importante aproveitar cada cantinho disponível. No entanto, muitas vezes os cômodos podem parecer “entulhados” por conta do excesso de objetos, ou pelo uso de materiais que encolhem o espaço (como cores escuras ou móveis muito grandes). Para ajudar nossos leitores a enfrentar esses desafios, convidamos a arquiteta Elis Arantes para ensinar alguns truques que passam a impressão de ampliar determinados ambientes. Confira a seguir:

 

Qual é a principal técnica utilizada por arquitetos para passar a sensação de um ambiente ser maior do que realmente é?

 

Sem dúvida nenhuma o espelho. Mas este artifício também pode fazer o contrário se aplicado da forma errada. O espelho sempre precisa ser posicionado em paredes que refletem o maior número de coisas, pois só assim ele dará a sensação de profundidade e de continuação.

 

No caso dos apartamentos mais compactos, integrar os ambientes é uma boa opção? Por quê?


Sim, com certeza. Quanto menos paredes e interferências tivermos em um ambiente, maior a sensação de amplitude. Se, por exemplo, além de integrar os ambientes utilizarmos o mesmo piso em tudo esta sensação aumenta ainda mais.

 


Como a disposição de móveis e objetos influencia na percepção do espaço disponível? 

 

No geral utilizar estantes compridas e baixas acaba sendo a melhor saída, já que as linhas horizontais ajudam a ampliar ambientes.   No caso de objetos, o melhor é não utilizar tantos enfeites e, se usar, optar por peças delicadas. E já que falamos de mobiliário baixo na parte de cima das paredes podemos utilizar quadros ou fotos ampliadas.

 

Qual é a melhor maneira de posicionar um espelho para ampliar o espaço? E qual tamanho/tipo de espelho é o mais recomendado?

 

O espelho precisa ser aplicado na parede que mais refletirá o ambiente, quanto menos recortes ele tiver melhor. Existem vários tipos de espelho: o cristal, que é o mais comum, bronze, fumê, etc... Todos sempre darão está sensação de amplitude, porém, o cristal por ser mais claro ajuda também a clarear o ambiente, trazendo ainda mais a sensação de amplitude buscada.

 

Existem diferentes truques para diferentes cômodos de um apartamento? Se sim, qual dica você daria para passar a sensação de espaço ampliado em: uma sala, um quarto e um banheiro? 

 

Acho que acabei mencionando algumas dicas nas outras questões que se aplicam para todos os ambientes. No banheiro, elementos mais arredondados costumam dar a sensação de espaço, bem como o espelho que é indispensável nesse cômodo, há como colocar em uma parede inteira ou atrás da porta quem sabe. Na cozinha, há mais detalhes a serem pensados devido ao número de equipamentos e louças que precisam estar no ambiente, mas, ainda assim, as cores são sempre aliadas, bem como a marcenaria, para que usemos o espaço com mais inteligência. Bancada embutida, nichos ou espaços pré-definidos para os eletrodomésticos, prateleiras com rodinhas deslizantes que possam ser facilmente travadas, por exemplo.

 


Que tipo de móvel é o mais recomendado para ajudar a passar a sensação de amplitude? 


Procure sempre por um mobiliário com pouca profundidade, a escolha dos tecidos e acabamentos também são muito importantes, quanto mais claros são, maior a sensação de amplitude.

Que cores, texturas e tipos de piso podem ajudar a obter esse efeito?


As cores claras são sempre bem-vindas neste efeito, é preciso tomar cuidado com texturas com muito movimento, por exemplo, um piso de madeira com muitos veios pode deixar o ambiente menor, pois o desenho dos veios pode acabar dividindo o ambiente. Prefira sempre o porcelanato liso, sem detalhes, a madeira com menos veios, tecidos com menos estampas. A textura pode ser dada no tom sobre tom, por exemplo, um sofá de linho e um pufe de crochê, ambos podem ter a mesma tonalidade porém com texturas diferentes, o que traz movimento ao ambiente sem deixar que pareça menor do que é. 

 

A iluminação também colabora com a sensação de amplitude?

 

Completamente! A iluminação é tudo em qualquer circunstância. Use sempre a luz amarela em ambientes como sala, quarto, hall, pois ela traz uma sensação de aconchego além de traduzir as cores com mais verdade. A luz branca sempre te deixa em estado de atenção, o que consequentemente te deixa mais tenso.


 


14/02/2017 - 14:35

Conecte-se

Revista Arquitetura e Construção
  • Revista A&C
Coleção CARAS